Menu
logo
  • RTP_primogenito_01
  • RTP_primogenito_02
  • RTP_primogenito_03
  • RTP_primogenito_04
  • RTP_primogenito_05
  • RTP_primogenito_06

Pedro e Laura desejam muito ter um filho, mas quando Afonso nasce com uma doença incurável o seu mundo desmorona e as suas vidam alteram-se definitivamente.

O Pedro e a Laura são um casal moderno e, para todos os amigos, exemplar. O Pedro é um jovem e bem-sucedido gestor que herdou a empresa do pai e conseguiu, com a sua dedicação total ao trabalho, torná-la num caso de ainda maior sucesso. A sua mulher, a Laura, é uma arquiteta também ela bem-sucedida. Tem amigos divertidos, com quem costumam jantar, sair à noite e passar férias juntos. Casados à 5 anos, acham que chegou a altura de terem um filho. Modernos e práticos como são, têm tudo bem planeado: já sabem para que creche o filho irá, em que colégio particular fará os estudos primários, até que curso tirará quando crescer. Para além disso, estão certos que terem um filho não os impedirá de terem as vidas independentes que sempre levaram, pois não querem apenas tornar-se “os pais de…”.

No início, após o pequeno Afonso nascer, tudo parece correr conforme o planeado. A Laura é uma mãe babada, o Pedro anda exultante por reconhecer no filho diversas qualidades. Até que, poucos meses depois, o Afonso começa a ficar doente. O que pareceria normal num bebé, começa a ganhar contornos preocupantes pois o Afonso parece estar sempre doente. As noitadas nas urgências dos hospitais sucedem-se. Até que, um dia, a Laura e o Pedro recebem a pior das notícias: o Afonso sofre da doença de Krabbe, uma doença rara e mortal. Unidos no início, Laura e Pedro têm de lidar com os seus próprios sentimentos e com a obrigação de, naquelas circunstâncias extremas, continuarem a ter as suas vidas profissionais como normalmente, o que é cada vez mais difícil. Para mais, a Laura passa a investir todas as suas forças e atenção no Afonso, negligenciando o marido. Este entende, mas a situação começa aos poucos a erodir a relação do casal até se tornar insuportável.

E então, Pedro e Laura, confrontados com uma mudança radical nas suas vidas, terão de lutar para salvarem não apenas o filho, mas o próprio casamento. Conseguirão?