Menu
logo
  • Bairro_17
  • Bairro_16
  • Bairro_14
  • Bairro_13
  • Bairro_02
  • Bairro_19
  • Bairro_01
  • Bairro_03
  • Bairro_20
  • Bairro_21
  • Bairro_11
  • Bairro_18
  • Bairro_10
  • Bairro_09
  • Bairro_08
  • Bairro_07
  • Bairro_15
  • Bairro_06
  • Bairro_05
  • Bairro_12
  • Bairro_04

Diana, nasceu e cresceu no Bairro da Estrela Polar, perdeu os pais quando ainda era uma criança e lidera um bando de criminosos que negoceia em droga, lavagem de dinheiro, armas, quadros, jóias e tabaco. Comanda os principais assaltos por toda Lisboa. É uma líder fria, calculista, protetora, mas também mulher sedutora, engenhosa e solidária. O Bairro agradece-lhe a generosidade pagando com o silêncio sobre as suas atividades criminosas. Capaz de matar com uma frieza implacável. Os assaltos mais ousados são comandados por ela e a quadrilha observa um respeito ilimitado às suas decisões.

 A violência alastra cada vez mais. O Bairro está por sua conta. É o reduto inexpugnável que a protege. De arma em punho abre caminho, a tiro e ao murro, com golpes de audácia que deixam a Polícia Judiciária perplexa. Diana é um desafio para a Polícia Judiciária que não mede esforços para tentar apanhá-la. Desmantelar a quadrilha de Diana torna-se uma obsessão. A Polícia Judiciária reconhece que está perante o maior desafio da instituição. E por isso não a deixará em paz enquanto não a meter nos calabouços… ou na morgue.

Diana enfrentará conflitos internos no meio do seu bando, a cobiça de gangs rivais e uma perseguição feroz pela Polícia Judiciária. Diana resistirá a todos estes desafios?